Parlamento reapreciou e aprovou o Decreto que transpõe para o ordenamento jurídico nacional a Diretiva (UE) 2019/713 do Parlamento Europeu e do Conselho, de 17 de abril de 2019, relativa ao combate à fraude e à contrafação de meios de pagamento que não em numerário


[1]